Universidades que aderiram o ENEM

 

Universidades que utilizam Enem como fase única atualmente.

Região Sul

  • Universidade Federal de Pelotas (UFPEL): adotará o Enem como fase única e para o preenchimento de vagas remanescentes. http://www.ufpel.edu.br

  • Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR): adotará o Enem como fase única e discute adotá-lo para preencher vagas remanescentes. http://www.utfpr.edu.br

  • Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA): adotará o Enem como fase única e para preenchimento de vagas remanescentes. http://www.ufcspa.edu.br

  • Universidade Federal do Pampa (Unipampa): adotará o Enem como fase única e para preenchimento de vagas remanescentes. http://www.unipampa.edu.br

  • Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS): adotará o Enem como fase única. Aluno de escola pública terá bônus. http://www.uffs.edu.br

Região Centro-Oeste

  • Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT): adotará o Enem como fase única e para preenchimento de vagas remanescentes. http://www.ufmt.br

Região Sudeste

  • Universidade Federal do ABC (UFABC): adotará Enem como fase única e para preenchimento de vagas remanescentes. http://www.ufabc.edu.br

  • Universidade Federal de São Paulo (Unifesp): adotará o Enem como fase única para alguns cursos e para preenchimento de vagas remanescentes. http://www.unifesp.br

  • Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM): adotará o Enem como fase única para preencher 50% das vagas do processo seletivo e para as vagas remanescentes. A outra metade será preenchida por meio do vestibular seriado (nessa modalidade, a 3ª etapa do vestibular seriado é a nota do Enem). http://www.ufvjm.edu.br

  • Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ): adotará o Enem como fase única e para preenchimento de vagas remanescentes. http://www.ufrrj.br

  • Universidade Federal de Alfenas (UNIFAL): adotará o Enem como fase única e para preenchimento de vagas remanescentes. http://www.efoa.br

  • Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI): adotará o Enem como fase única para 4 cursos do campus de Itajubá e para todos os cursos do campus de Itabira. Para os demais cursos do campus de Itajubá, o Enem será utilizado como primeira fase. http://www.unifei.edu.br

  • Universidade Federal de Lavras (UFLA): adotará o Enem como fase única e para preenchimento de vagas remanescentes. A instituição também manterá o processo seriado de ingresso, em que a nota do Enem compõe a 3ª fase. http://www.ufla.br

  • Universidade Federal de São João Del Rei (UFSJ): adotará o Enem como fase única para preencher 10% a 25 % das vagas (percentual em discussão). Os alunos que quiserem poderão usar a nota para a primeira fase do processo seletivo. O Enem será usado também para preencher vagas remanescentes. http://www.ufsj.edu.br

  • Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO): adotará o Enem como fase única e para preenchimento de vagas remanescentes. http://www.unirio.br

Região Nordeste

  • Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF): adotará o Enem como fase única e para preenchimento de vagas remanescentes. 50% das vagas serão reservadas para estudantes de escola pública. http://www.univasf.edu.br

  • Universidade Federal da Bahia (UFBA): adotará o Enem como fase única para os quatro cursos de Bacharelado Interdisciplinar e para o curso superior de tecnologia. http://www.portal.ufba.br

  • Universidade Federal do Maranhão (UFMA): adotará o Enem como fase única e para preenchimento de vagas remanescentes. http://www.ufma.br

  • Universidade Federal do Piauí (UFPI): adotará o Enem como fase única para 50% das vagas de todos os cursos e para preenchimento de vagas remanescentes. http://www.ufpi.br

  • Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE): adotará o Enem como fase única e para preenchimento de vagas remanescentes. http://www.ufrpe.br

  • Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA): adotará o Enem como fase única e para preenchimento de vagas remanescentes. http://www.ufersa.edu.br

  • Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB): adotará o Enem como fase única para 70% das vagas ofertadas e como parte da nota para 30% das vagas. Também será utilizado para preenchimento das vagas remanescentes. http://www.ufrb.edu.br/portal

Região Norte

  • Universidade Federal do Amazonas (UFAM): adotará o Enem como fase única para preencher 50% das vagas do processo seletivo. As outras 50% serão preenchidas por meio de avaliação seriada. O Enem também será usado para preenchimento de vagas remanescentes. http://www.ufam.edu.br

  • Universidade Federal de Rondônia (UNIR): adotará o Enem como fase única para 10% das vagas. http://www.unir.br

  • Universidade Federal do Tocantins (UFT): adotará o Enem como fase única para 25% das vagas de todos os cursos e também para preenchimento de vagas remanescentes. As demais vagas serão preenchidas pelo processo seletivo próprio da universidade. http://www.uft.edu.br

          UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ ADOTARÁ O ENEM DE UMA FORMA PARCIAL, OU SEJA, PARTE ENEM E OUTRA PARTE FEDERAL

 

A Universidade Federal do Pará (UFPA) vai adotar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no processo seletivo de 2011. Porém, diferente de outros Estados, a adesão vai ser parcial e tem como objetivo estabelecer uma medida avaliativa do ensino médio no Pará.

Em entrevista coletiva, na manhã da última quarta-feira (28 DE abril de 2010), o reitor da UFPA, Carlos Maneschy, explicou que a universidade não vai aderir ao Sistema de Seleção Unificado do Ministério da Educação (Sisu), ou seja, os estudantes daqui não competirão com os candidatos de outras regiões do país.

“Essa era umas das principais preocupações, tanto dos estudantes, quanto de pais e professores. Pois entende-se que a qualidade do ensino médio no Pará não seja compatível com as regiões Sul e Sudeste. Por esse motivo, resolvemos agir de maneira preventiva. Poderemos avaliar o nosso ensino, nesse primeiro ano e, a partir dos anos seguintes, estabelecer metas e critérios com base no comparativo nacional”. Comentou Carlos Maneschy.

O novo processo seletivo vai contar com duas etapas. A primeira será a prova do Enem, formada por 180 questões, sendo 45 de cada disciplina, contemplando quatro áreas do conhecimento: linguagens e códigos, ciências humanas, ciências da natureza e matemática e suas tecnologias, além de uma redação. Já a segunda etapa, elaborada pela própria UFPA, será composta por 55 questões objetivas, sendo cinco referente a cada uma das 11 disciplinas que constam no currículo escolar do ensino médio.

Maneschy explica que a universidade utilizará somente a redação do Enem e que o conteúdo programático é o mesmo. “Não vamos estender o conteúdo, mas poderemos fazer abordagens regionais, contextualizando a realidade da região amazônica em nosso processo seletivo, já que esse também era um questionamento das instituições de ensino”. Diferente do exame nacional, a UFPA manterá a exigências das leituras obrigatórias, que devem permanecer as mesmas do ano passado, e da prova de língua estrangeira.

“Talvez o Ministério da Educação inclua língua estrangeira no conteúdo programático deste ano. Independente disso, vamos manter a nossa avaliação, podendo o candidato escolher pelo inglês, espanhol, francês, italiano ou alemão”. Se o MEC incluir a disciplina, o estudante terá que escolher pelo inglês ou espanhol, porém terá que fazer as duas avaliações, sem necessariamente optar pelo mesmo idioma.

>> Provas terão pesos iguais na seleção

As duas provas terão pesos iguais, ou seja, a nota final será a somatória do resultado de cada uma das avaliações. Nesse primeiro ano, não haverá cortes na prova do Enem. “Quem tirar nota zero na prova poderá realizar a segunda, mas a redação terá uma nota mínima, que ainda não foi definida”.

Possivelmente, pelo primeiro ano na Universidade Federal do Pará, o processo seletivo será finalizado antes do final de 2010.

A expectativa da UFPA é que a prova do Enem seja realizada na primeira quinzena de novembro, enquanto que o certame da UFPA deve acontecer antes do Natal. Independente de atropelos na avaliação nacional, uma não inviabiliza a outra.

Outros detalhes sobre o processo seletivo ainda serão aprofundados pela Comissão Permanente de Processos Seletivos (Coperps). O edital deve ser divulgado até junho.


 

Informativo sobre o ENEM no IFPA

E-mail Imprimir PDF

O Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (Conif) aprovou a adoção do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para a seleção de estudantes candidatos a vagas nos cursos superiores de tecnologia e licenciatura. Esta aprovação aconteceu em Palmas/TO, em reunião entre os Reitores dos Institutos Federais e Ministério da Educação, objetivando criar um vestibular unificado para todas as instituições federais de educação superior e de utilização do Enem em substituição ao vestibular tradicional.

 

Pesquisar no site

Enquete

Avaliem o Site

Palavras-chave

A lista de palavras-chave está vazia.

© 2010 Todos os direitos reservados.

Sites profissionais Webnode